Cinco curiosidades sobre a Rússia, anfitriã da Copa do Mundo

Imagem relacionada
Mapa da Rússia com as 11 cidades-sedes da Copa do Mundo de 2018
- Noite às 14h 
Pegar um trem às 14h00 quando já é noite? Isso é possível na Rússia, porque os horários de todas as estações seguem a hora de Moscou, ignorando os onze fusos horários que convivem no maior país do mundo, que se estende do mar Báltico ao Oceano Pacífico, por 17 milhões de km².
A etnia russa representa a maioria dos 146 milhões de habitantes e o cristianismo ortodoxo é a religião mais popular, mas o país é um dos mais multiculturais do mundo, com povos do Cáucaso de maioria muçulmana e povoados budistas na Sibéria, por exemplo.
- Herdeiros dos czares 
Na Praça Vermelha, ponto turístico mais visitado de Moscou, as igrejas da época dos czares dividem espaço com as estrelas vermelhas do Kremlin e com o mausoléu de Lênin, símbolos da herança muito diversa da Rússia atual.
A memória nacional, dura e trágica, segue sendo uma questão debatida na Rússia, onde as autoridades flutuam entre os valores conservadores e tradicionais herdados do Império Czarista e das mudanças sociais trazidas pela defunta União Soviética. Fruto dessa dupla vertente histórica, o presidente Vladimir Putin comanda a Rússia há mais de 18 anos e seguirá no poder, com um mandato atual que dura até 2024.
- Embargo alimentar 
Na Rússia é impossível encontrar nos supermercados um patê francês ou um queijo cheddar britânico: desde agosto de 2014, o país instaurou um embargo sobre a maioria dos produtos alimentícios europeus, como resposta às sanções ocidentais das quais a Rússia é vítima.
Após sofrer com alguns problemas de fornecimento, as grandes distribuidoras russas buscaram novos parceiros e, principalmente, o país investiu em sua própria produção: na mesa dos restaurantes moscovitas, as ostras de Kamchatka (península no extremo oriente do país) substituíram as ostras francesas.
- Hóquei é o esporte rei 
O hóquei no gelo é o esporte rei na Rússia, onde os invernos, longos e congelantes, transformam os lagos em ringues de patinação. As crianças crescem sonhando em se tornar estrelas desse esporte, como Ilya Kovalchuk e Pavel Datsyuk, ou o lendário atacante soviético Valeri Kharlamov.
Já a seleção russa de futebol vive momento de fraqueza. Sem estrelas, a anfitriã chega à sua Copa do Mundo com mais dúvidas do que motivos para confiança, depois de multiplicar exibições ruins nos últimos meses. 
- Internet controlada 
Os turistas estrangeiros poderão se surpreender com o fato de não terem acesso na Rússia à plataforma de vídeos Dailymotion ou à rede social LinkedIn. Para os russos, os bloqueios arbitrários de sites a pedido da justiça se tornaram casos corriqueiros.
As autoridades reforçaram nos últimos anos a vigilância sobre a internet russa, apelando contra o extremismo e o terrorismo. A oposição, porém, garante que a estratégia é um meio de dominar o debate político e deixar sem voz os críticos.
AFP

Nove dos 13 baobás mais antigos do mundo morrem e geram alerta sobre aquecimento

Nove dos treze maiores e mais antigos baobás do continente africano morreram de forma abrupta nos últimos 12 anos, segundo divulgou uma pesquisa recentemente. De acordo com informações do The Guardian, a morte das árvores é muito preocupante e pode estar relacionada com as mudanças climáticas em nosso planeta.
“Reportamos que nove dos treze baobás mais antigos morreram, ou pelo menos suas partes mais velhas entraram em colapso nos últimos 12 anos”, os pesquisadores descreveram, chamando o caso de “um evento de magnitude sem precedentes”.
Encontradas na savana africana, as árvores são a maior e mais duradoura espécie vegetal que dá flores, e agora podem estar ameaçadas pela maneira como as mudanças climáticas afetaram a região do sudeste da África, em particular. “Isso é definitivamente uma experiência chocante e dramática em nossas vidas”, declarou Adrian Patrut, da Universidade Babes-Bolyai na Romênia.

Reprodução/Shutterstock | Os baobás são árvores muito difíceis de morrer, e por isso, os pesquisadores ficaram intrigados com o número de mortes

Detalhes do estudo sobre os baobás africanos
A pesquisa, que envolve cientistas da Romênia, África do Sul e Estados Unidos, aconteceu entre 2005 e 2017 e mapeou uma grande parte das maiores e mais antigas plantas da espécie, em um total que ultrapassa 60 indivíduos no Zimbábue, Namíbia, África do Sul, Botsuana e Zâmbia. Com o objetivo de compreender como as árvores conseguem crescer tanto, foram coletadas informações como altura, volume e perímetro, sendo que, durante o processo, os pesquisadores perceberam que as árvores mais antigas morreram durante o estudo.
Porque elas podem viver até três mil anos e são consideradas plantas difíceis de serem mortas, afinal, conforme explicam especialistas, “podem ser queimadas ou ter partes de sua casca arrancadas, e mesmo assim vão sobreviver ao formar uma nova e continuar crescendo”, os cientistas ficaram ainda mais intrigados com a morte de tantos indivíduos dessa espécie.
A hipótese mais aceita envolve o aquecimento global , mas os envolvidos na pesquisa ressaltaram que é preciso analisar mais estudos para se chegar a uma conclusão, que pode reforçar a ideia inicial ou mudar completamente o motivo das mortes. Os baobás são vegetais muito importantes para o ecossistema que compõem, sendo uma grande fonte de água e frutos que alimentam animais e humanos. Além disso, suas folhas são utilizadas tanto na alimentação quanto de maneira medicinal, e as cascas também podem ser aproveitadas para confeccionar cordas, cestas e peças de vestuário.

surgiu.com.br

Vacina Contra Câncer no Cérebro Pode Prolongar a Vida de Pacientes

Uma nova vacina potencial contra câncer no cérebro pode prolongar a vida de pacientes por anos, segundo estudo. O novo tratamento ainda está em fase de teste, mas os resultados já são animadores, chegando a prolongar mais de sete anos de sobrevida aos pacientes que passaram pelo tratamento. As informações são do Independent
O procedimento envolve a extração de células dendítricas do sangue do paciente. A  mistura delas com as marcas do tumor e reaplicação de células do organismo. As células dendítricas são especiais para o funcionamento do sistema imunológico. O Glioblastoma é um dos tipos de câncer do cérebro mais agressivos. Os paciente são normalmente tratados com cirurgia, radioterapia e quimioterapia. Geralmente, após o tratamento convencional, a sobrevida é de um ano e meio.

   
Vírgula

DESABASTECIMENTO EM ARAPIRACA CONTINUA ATINGINDO MAIS OS COMBUSTÍVEIS






Apesar do fim da greve dos caminhoneiros, a crise  continua afetando a vida da população arapiraquense com maiores dificuldades no setor de combustíveis - gás, gasolina, etanol e óleo diesel, onde a maioria dos postos está com estoque zerado. O gás de cozinha está faltando nos principais revendedores, sendo que o J. Pinto, o maior distribuidor, está com mais de mil botijões vazios em seu local de abastecimento, próximo ao bairro Canafístula. Além de pouco estoque, o gás de cozinha, quando aparece, custa de R$ 80 a R$ 100 o botijão de 13 quilos. Os revendedores de  álcool, gasolina, etanol e diesel estão de braços cruzados, esperando a chegada dos combustíveis sem hora marcada. Dos postos de gasolina que possuem reservas, quase todos estão na cidade e os da periferia têm seus de tanques vazios. Enquanto isso, nos supermercados apenas batatinha e cenoura não se encontram nas prateleiras. Todos os demais produtos necessários ao consumo domésticos existem em grande quantidade no comércio. Ovos, verduras, bebidas, peixes, conservas, carnes, frutas, cereais e inúmeros outros gêneros alimentícios são encontrados em grande quantidade nos setores de atendimento varejista. A greve dos caminhoneiros só passou na capital do agreste alagoano pela força energética dos combustíveis, pois se não fosse esse problema a região não teria conhecido a crise. Os três postos situados no entroncamento da AL-220 com Massaranduba estão desabastecidos, o mesmo acontece com a maior parte dos estabelecidos à margem da rodovia, na entrada de Arapiraca, do sertão em direção a Maceió. Na cidade, funcionam os postos Mazarope e  Júnior (Rua Expedicionário Brasileiro), Vavá, J. Pinto, próximos ao DER, saída para a capital do estado, Confiança, na Rua 15 de Novembro e alguns outros na periferia. Os preços da gasolina variam entre R$ 4,79 (Mazarope) a R$ 4,64 (Vavá) e R$ 4,66 (Posto Júnior). O diesel sai por R$ 3,99  (Vavá) e R$ 3,79 (no Júnior). Os revendedores esperam poder abastecer a clientela, com segurança, antes do fim de semana, uma vez que os caminhões transportam gasolina, diesel e etano várias vezes ao dia para Arapiraca, e quando descarregam com poucas horas os tanques voltam a se esvaziar diante das grandes filas que se formam a cada momento.


CRISE DOS COMBUSTÍVEIS: ARAPIRACA VIVE CLIMA DE FERIADO NO 8º DIA DE GREVE

Postos de Arapiraca, sem combustível, esperam pelo possível abastecimento


Arapiraca, a maior cidade do interior de Alagoas (130 km distante de Maceió) vive uma segunda-feira (28) em clima de feriado, com os postos de gasolina vazios, escolas do município, postos de saúde fechados e coleta de lixo precária no oitavo dia de greve dos caminhoneiros. Com as rodovias BR-316, BR 101 e AL-220, que dão acesso ao município, interditadas pelos manifestantes, o abastecimento dos postos é feito parcialmente em quantidade insuficiente para atender a demanda de consumo, o que torna a gasolina um produto precioso que nem ouro, segundo alguns revendedores. A reportagem do nosso blog João Rocha - Umas & Outras, esteve na manhã de hoje em quase todos os postos da cidade e em nenhum encontrou gasolina. O posto do Mazarope (Rua Expedicionário Brasileiro) foi o único que tinha um resto de diesel a R$ 4,00 o litro. O posto da Rua São Francisco, próximo ao Hospital Regional, foi abastecido com cinco mil litros de manhã cedo e antes do meio dia não tinha uma gota. Outros dez postos da zona urbana não tinham previsão de quando seriam reabastecidos. Os motoristas e motoqueiros estão conseguindo abastecer no distrito de Folha Miúda, em Craíbas, (distante 18 Km de Arapiraca), em Feira Grande, Lagoa da Canoa, bairro Olho D'água dos Cazuzinhos e bairro Canaã, distante 7 km da cidade. Os donos de motos acham que é possível que nesses locais já não haja mais combustível após o meio-dia. O Posto Júnior (bairro Eldorado) não tem abastecimento há 7 dias, segundo o funcionário e está com um caminhão tanque preso na saída de Maceió desde a manhã desta segunda e não sabe quando receberá a gasolina da Petrobras. Os postos Avenida e Mazarope foram reabastecidos antes do meio-dia e enfrentaram filas quilométricas que, em poucas horas, deixaram os tanques vazios.
Movimento normal no Mercado Municipal




Os problemas dos postos não prejudicaram o mercado público nem a feira livre, que tiveram alimentos à venda a preços de rotina sem qualquer acréscimo. Exemplos são a batatinha, que é vendida a R$ 15,00 ou R$ 20,00 nas capitais, aqui sai por R$ 4,00 o quilo e o tomate, que é mais de R$ 10,00, aqui fica por R$ 4,00, alface a R$ 1,00 e R$2,00 o pé, feijão de corda verde a R$ 3,00. Também não faltam carne, peixe e seus derivados.

Alguns postos de saúde do município não funcionaram e as escolas da rede pública liberaram alunos e professores por determinação do prefeito Rogério Teófilo em razão da falta de gasolina. A coleta de lixo deixou os entulhos acumulados em vários locais de Arapiraca. A chuva também complicou o serviço de limpeza pública.
A situação de instabilidade é muito delicada em Arapiraca, pela falta de gasolina para abastecer a frota de veículos do município, e vem causando problemas nos hospitais e outros setores. O transporte coletivo de ônibus e vans está inoperante. Durante o dia de hoje (28) apenas um ônibus da Real Arapiraca e uma van foram vistos na linha Centro-Planalto, Cohab Velha, UFAL, Nilo Coelho, quando normalmente essa linha dispõe de 10 a 12 veículos, entre vans e ônibus. A rede municipal de educação vai ficar praticamente a semana inteira sem funcionar, segundo fontes ligadas à administração local, em razão das dificuldades no abastecimento. Uma carreata que foi organizada em Arapiraca, por pessoas do ramo de combustíveis, no fim da semana, para abastecer o município com gasolina e diesel, por meio de uma frota de veículos, não conseguiu romper o bloqueio nas estradas que dão acesso à capital do agreste e diminuiu as esperanças de resolver o desabastecimento do município a menor prazo.

Lixo acumulado próximo ao Estádio Municipal de Arapiraca

PROVÉRBIO HINDU

Resultado de imagem para tagore
Provérbio hindu: "Se você fechar a porta a todos os erros, a verdade pode ficar de fora". A primeira vez que encontrei esse provérbio foi num livro de Rabindranaht Tagore (foto), talvez o maior poeta e escritor da Índia, falecido em 1941. Boa lembrança para os rigoristas. Boa lembrança para os que se julgam perfeitos. Boa lembrança para os que se julgam donos da verdade. Boa lembrança para os intolerantes diante da diversidade de modos de ver as coisas e os fatos. Boa lembrança para os que se julgam "certinhos" e pensam que todos os outros jazem nas trevas do erro e da ignorância. Boa lembrança para os que se convenceram de que ninguém possui a verdade inteira. Feliz quem faz do erro o adubo da verdade.

                      
Frei Clarêncio Neotti, OFM

                                           
UMA CERTIDÃO DO BRASIL


Esse pedaço do planeta chamado Brasil foi ocupado por humanos bem antes da chegada dos conquistadores lusos, em 1500. Mas o primeiro relato escrito sobre nossa terra até agora conhecido é a famosa carta de Pero Vaz de Caminha, escrivão da expedição comandada por Cabral. Com 27 páginas, ela foi concluída em primeiro de maio de 1500. Caminha relata ao rei D. Manuel I, com espanto, a existência dos que foram chamados, pelos europeus, de "índios." Também fala das belezas da região solar. Não deixa de manifestar o interesse econômico predominante na época: "eles não lavram, não criam", afirma, completando com dúvidas quanto à extração de metais preciosos. Por fim, pede ao Rei o "favor" de libertar da prisão o genro, que assaltara uma igreja. Vem de longe...

            
Chico Alencar, autor de
BR-500, Um Guia para a
Redescoberta do Brasil. Ed. Vozes


             

PRESO POR ENGANO POR 17 ANOS, HOMEM DESABA A CHORAR AO SER SOLTO


O norte-americano John Bunn, 41 anos, caiu no choro ao ouvir do juiz que podia ir para casa. Bunn foi preso aos 14 anos, acusado de um homicídio que ele não cometeu. O homem passou 17 anos na cadeia, preso injustamente. Ele estava em liberdade condicional desde 2009, mas lutava para provar inocência. O caso foi relatado no Independent UK.
Bunn foi inocentado após a descoberta de que um detetive manipulou as evidências. “Eles (promotores do caso) não assumem que sou inocente. Mas eu sou inocente, e sempre fui” disse Bunn em lágrimas no tribunal. “Estou há 27 anos lutando pela minha vida, pela minha inocência”, acrescentou ele em agradecimento ao juiz. “Vocês mantiveram o homem errado preso por todos esses anos, enquanto o culpado está por aí, em liberdade. Vocês não tinham o direito de fazer o que fizeram”, disse Bunn aos promotores.


Site Virgula