POR FICAR 11 ANOS PRESO, HOMEM VAI SER INDENIZADO EM R$ 2 MILHÕES

"Um ex-detento que respondeu por homicídio e fazer parte de um grupo de  extermínio, que foi mantido preso por 11 anos e 8 meses será indenizado pelo governo do Estado do Rio de Janeiro em R$ 2 milhões
Valdimir Sobrosa ficou detido por tempo maior que deveria, sem conclusão do seu julgamento. Com isso, alegou que não
conseguiu acompanhar o crescimento do seu filho.
Em sua defesa, Valdimir acrescentou que foi transferido mais de 24 vezes para diferentes prisões, o que inviabilizou as visitas e
ainda disse ser sobrevivente de rebeliões.
Ao publicar a sentença, a juíza que ficou no anonimato, destacou que sem concluir o seu julgamento fez com que o Estado contrarie o princípio constitucional da eficiência.
O Estado se defendeu, afirmando que o processo ocorreu diante de um prazo razoável devido a necessidade de apurar corretamente os fatos.Mesmo assim, a magistrada entendeu que o homem deve ser indenizado em R$ 2 milhões".

Nenhum comentário:

Postar um comentário